Quais são as diferenças básicas entre processos judiciais criminais e civis?

Nos tribunais, promotores estaduais ou municipais abrem processos criminais e seu objetivo é punir os infratores por infringirem a lei, o que pode resultar em prisão. Os processos civis baseiam-se nas vítimas ou no advogado que os apresenta e a intenção é tipicamente fazer com que os agressores paguem pelos danos que lhes causaram.

Em casos civis, os juízes não estão sendo obrigados a enviar os infratores para a prisão por seu comportamento, embora alguns comportamentos possam ser considerados crime no estado em que residem. Em alguns casos, pode haver processos civis e criminais ocorrendo ao mesmo tempo dentro dos mesmos crimes, com base nos comportamentos.

você pode gostar 💪👉Como encontrar alguém em prisões nos Estados Unidos?

O que faz o tribunal civil?

Uma maneira de abordar questões de crimes civis é usar o sistema de tribunais civis. Para prosseguir com a apresentação de uma ação no tribunal civil, as pessoas podem entrar em contato com um advogado, se não quiserem passar pelo processo elas mesmas. As vítimas podem processar por danos; por fatores como salários perdidos, perda de emprego, dor e sofrimento emocional, entre outros. Além disso, por danos reputacionais e danos punitivos, a fim de punir os réus.

Se os danos forem inferiores a uma certa quantia em dinheiro, as pessoas poderão ajuizar a ação em um tribunal de pequenas causas. Na maioria dos estados dos Estados Unidos, se as pessoas postarem fotos íntimas de terceiros, as leis podem permitir que processem pessoas por postarem esse conteúdo ou usarem as fotos para outros fins.

Nesses tipos de casos, você pode processar por danos que aumentam pelos dias em que os agressores agiram em violação à lei. Além disso, as vítimas poderão exigir que o tribunal conceda uma ordem de restrição, na qual os juízes ordenam que os réus parem de fazer as coisas pelas quais foram acusados.

você pode gostar 💪👉Resultados de cometer fraude de seguro

O que faz o tribunal criminal?

A maneira de lidar com delitos criminais é usar o sistema de justiça criminal, onde os promotores são acusados ​​de violações das leis criminais estaduais. Nos casos em que as pessoas infringem as leis federais, são os promotores federais que arquivam os casos e, geralmente, quando as pessoas ligam para o 911 ou vão às delegacias para registrar queixas, eles fazem uma investigação para ver se há uma causa provável para prender os possíveis réus.

Além disso, é responsável por estudar se há provas suficientes para apresentar um julgamento, para que seja possível que sejam apresentadas acusações criminais contra os agressores. Outra diferença entre processos cíveis e criminais é que, nos processos criminais, são os promotores que decidem se vão processar os agressores e/ou se vão retirar as acusações.

Depois de arquivar os casos criminais, se as pessoas decidirem mais tarde que o caso não deve prosseguir, os promotores não precisam desistir dos casos porque não são os advogados pessoais das vítimas. Eles têm o poder de decidir se vão continuar com os casos ou não; eles podem não ter a mesma capacidade de iniciar ou desistir de um caso em um tribunal criminal como teriam em um tribunal civil.

você pode gostar 💪👉Como escolher o advogado de acidente de carro certo?

Você pode estar interessado: Quais são as etapas do processo de uma ação judicial?

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *